Centro de Turismo


O local do Forró com Turista é uma atração à parte. O prédio onde hoje funciona o Centro de Turismo de Natal desfruta de uma das mais privilegiadas vistas das praias urbanas de Natal, do rio Potengi, da Fortaleza dos Reis Magos e da Ponte Newton Navarro (Natal – Redinha). É aqui que a gente se encontra toda quinta para o Forró com Turista.
Trata-se de uma construção edificada na virada do século XIX para o século XX, em estilo neoclássico. Desde sua construção, ao longo do tempo funcionou como residência particular, asilo de mendicantes, orfanato, área de segurança militar (durante a 2ª Guerra Mundial) e penitenciária pública de Natal até 1969.
Na década de 1970, o prédio foi restaurado com o propósito de abrigar o “Centro de Turismo de Natal”. A inauguração aconteceu em 13 de novembro de 1976, mas seu tombamento pelo patrimônio histórico e artístico estadual só ocorreu em 11 de agosto de 1988.
O Centro de Turismo se destaca pelo seu pioneirismo na oferta de serviços e produtos especializados, na sua grande maioria produtos produzidos no RN. Na época de sua inauguração, ninguém imaginava que Natal se transformaria em um dos principais polos turísticos do país.
Hoje, o Centro é um dos melhores centros de artesanato do Rio Grande do Norte, onde cada antiga cela é uma pequena loja com as mais diversas tipologias do nosso artesanato. Atualmente é administrado por uma associação reconhecida como de utilidade pública, com apoio e supervisão da Secretaria Estadual de Turismo.
Em suas dependências abriga:
• Birô de informações turísticas;
• Memorial sobre a história do prédio;
• 42 lojas de artesanato regional: vestuário feminino e masculino, acessórios, toalhas, enxovais, produtos em cerâmica, madeira, palha e sisal;
• Galeria de Arte (1º andar) com o maior acervo artístico do RN: arte popular, pintura, escultura, xilogravura, antiguidades em geral e livros raros;
• O tradicional Forró com Turista, que acontece nas quintas-feiras a partir das 22h;
• Restaurante Marenosso, pratos da cozinha regional e contemporânea, uma vista lindíssima de nossas praias. Além de constar no seu menu o tradicional Bolinho de Macaxeira recheado com carne de sol e/ou camarão;
• Cela 21 – Além de produtos variados, tem uma Cachaçaria com 100% dos cachaças produzidas no RN, sendo que 02 delas receberam premiação internacional em concursos, sendo um na Bélgica e outro em Nova York.
• Lanchonete com sucos, doces e salgados;

Com mais de quarenta anos de existência, o Centro de Turismo de Natal se transformou em uma das principais atrações para os visitantes que chegam à cidade. O fato de agregar uma série de serviços e opções em um prédio histórico é, sem dúvida, um diferencial em relação aos outros centros de artesanato de Natal.
Quem vem ao Centro de Turismo, não apenas leva, mas também guarda consigo fortes recordações de um espaço onde se encontra os melhores produtos do artesanato, da arte e da cultura potiguar.